Instruções de navegação

From Wazeopedia

Para orientação durante uma rota, o Waze utiliza um sistema de produção/síntese da voz humana abreviado do inglês como TTS (Text-To-Speech), em conjunto com uma barra visual na parte superior do mapa que exibe a(s) seta(s) de conversão e o nome do segmento imediatamente posterior à conversão. Este sintetizador de voz, no Waze, obedece a algumas regras que nós devemos observar na edição de mapas a fim de obtermos as melhores instruções de navegação.

  • Determinação padrão de instruções
  • Determinação sobreposta de instruções
  • Orientação visual para faixas de rolamento

Determinação padrão de instruções (TTS)

O TTS do Waze emite uma orientação do tipo mantenha/vire/saia sempre que em uma junção entre segmentos de um percurso não conseguir determinar a melhor continuação de rota.

Quando, em uma junção, NÃO há a necessidade de escolha entre segmentos (como quando se conduz o carro por uma rodovia entrecortada por pequenas vias), o algoritmo considera como uma instrução de continuação ou a melhor continuação. O comportamento padrão em instruções de melhor continuação é a ausência de comando de voz ou de barra visual de instrução. Ou seja, quando não há caminho a ser escolhido, o Waze fica em silêncio. Chamamo-na de CONTINUE.

O segredo em descobrir/definir qual será a instrução do TTS (CONTINUE/MANTENHA/VIRE/SAIA) reside:

  • nos ângulos entre os segmentos a cada junção;
  • nos nomes das vias a cada junção;
  • nas categorias das vias ligadas à junção.

Obs: As descrições abaixo são sempre para curvas à direita. Como curvas para a esquerda são simétricas a curvas para a direita, os exemplos abaixo seguem o mesmo modelo de algoritmo se as curvas forem à esquerda.

Definições

segmento-in: É o segmento que chega à junção "A". No seu encontro com junção é dada uma orientação de voz de mantenha/vire/saia.

segmento-out: É o segmento que sai desta junção "A" e serve como continuidade do percurso do condutor. A orientação de voz na junção A instrui o condutor a seguir pelo segmento-out.

segmento 1, segmento 2, segmento 3 e segmento 4: São todos os outros segmentos ligados a junção "A" e que não fizeram parte do percurso do condutor.

"junção": É o ponto que conecta dois ou mais segmentos. OBS: Pontos de ajuste da geometria do segmento – nós geométricos – e pontos de conexão de um segmento trafegável com um ou mais não trafegáveis – nós virtuais – estão ao longo do segmento e NÃO se comportam como junções.

TTSdefinicao.jpeg

Ausência de Instrução - a "Melhor Continuação"?

Quando um Wazer dirige por uma rota, a cada junção desta rota o TTS analisa o que seria a continuação da estrada. Se existem duas possibilidades de continuação após uma junção qualquer o TTS procura reconhecer alguns parâmetros que indique a ele qual é a melhor continuação.

Por que interessa saber qual é a melhor continuação?

Porque quando a rota segue sempre pela melhor continuação temos uma rota mais silenciosa. Ou seja, com menos orientação do TTS. Conhecer a continuação é importante para que tenhamos rotas mais silenciosas e instruções de navegação em pontos importantes de uma rota.

Por outro lado, toda vez que a rota seguir por um caminho que não é a melhor continuação, o TTS dará uma instrução de voz para orientar o condutor qual o caminho deve tomar.

Qual é o padrão reconhecido pelo TTS que o permite identificar o que é a "melhor continuação"?

Voltemos a figura anterior, onde ficou definido que Segmento-out seria a melhor continuação do segmento que chega a junção, o Segmento-in. Como é reconhecido o Segmento-out de um Segmento-in qualquer dentre diversos segmentos possíveis?

  1. A melhor continuação apenas é considerada em curvas de ângulos menores de 45°. Acima disso é sempre dada a instrução "vire". Se dentro deste ângulo houver apenas uma possível continuação, ela será a "melhor continuação". Se dentro deste ângulo houver mais de uma possível continuação, mas nenhuma puder ser considerada a "melhor continuação", será dada instrução a todas as vias.
  2. Se algum segmento, após a junção, apresenta mesmo NOME PRINCIPAL e também a mesma CATEGORIA do Segmento-in, então ele será reconhecido como a "melhor continuação" independentemente de qualquer outra coisa.
  3. Se algum segmento, após a junção, apresenta mesmo NOME ALTERNATIVO e também a mesma CATEGORIA do Segmento-in, então ele será reconhecido como a "melhor continuação" caso o item 2 não tenha sido atendido.
  4. Caso somente uma das características seja atendida, o segmento apresente NOME PRINCIPAL ou CATEGORIA igual a do Segmento-in, então a "melhor continuação" será escolhida de acordo com as seguintes características:
    • O segmento de "melhor continuação" apresenta mesmo NOME PRINCIPAL ou a mesma CATEGORIA do Segmento-in (nome principal tem prioridade sobre categoria);

Obs:

  • Segmento que apresenta mesmo NOME PRINCIPAL, mas não a mesma CATEGORIA que Segmento-in será escolhido como melhor continuação prioritariamente quando houver um outro segmento qualquer que apresente mesma categoria de Segmento-in mas não o mesmo nome.
  • Se o ângulo entre as possíveis "melhores continuações" seja maior entre elas do que entre elas e Segmento-in, então não haverá uma melhor continuação e será sempre fornecido algum tipo de instrução TTS.


Lembre-se que se a rota seguir através da "melhor continuação", não será dada nenhuma instrução via TTS.

Descobrindo o ângulo entre vias

Para saber qual é o ângulo entre duas vias e assim entender se a instrução será vire ou mantenha, é necessário fazer uso do script WME Junction Angle info.

Depois de instalado o script, ao selecionar duas vias conectadas será mostrado o ângulo entre elas dentro de um círculo verde.

Junction Angle Info Example.png

Tipos de Instrução

O reconhecimento pelo TTS das conjunções das vias descritas abaixo é que determinam sobre os comandos de MANTENHA, VIRE e SAIA. Lista de situações possíveis:

  1. Se a junção tem apenas 2 segmentos, então não haverá instrução (um segmento é continuação natural do outro).
  2. Se o Segmento-out for a "melhor continuação" (definida acima), então não haverá instrução.
  3. Se o ângulo de saída entre Segmento-in e o Segmento-out for maior do que 45 graus (e inferior a 180 graus), a instrução será "VIRE À DIREITA".
  4. Se o ângulo de saída entre Segmento-in e o Segmento-out for menor do que 45 graus, a instrução será "MANTENHA À DIREITA", nos casos de rodovias é "SAIA À DIREITA".

Sobreposição de Instrução de Voz

Esta funcionalidade, lançada junto com a versão 1.26-2 do editor de mapas, permite que você coloque explicitamente qual a instrução o waze deve fornecer ao usuário para realizar a conversão indicada.

Tts1.png

"Puxa então posso colocar as melhores instruções que eu julgar para cada conversão?"

Nâo.

Antes de recorrer à funcionalidade, certifique-se de que as instruções naturais (regidas por ângulos reais/não forçados, categorias e nomes corretos) não são suficientes para fornecer o comando correto.

Em outras palavras, o uso dessa funcionalidade é para casos bem específicos, quando forem necessários ajustes detalhados, ou seja, quando não for possível conseguir a melhor instrução sem fazer gambiarra/armengue.

Veja alguns exemplos:

Exemplo 1. Nestas conversões indicadas, o comportamento padrão seria "VIRE à esquerda".

Retorne1.JPG

Entretanto fica bem mais inteligível se recebermos a instrução "RETORNE". Bem, ai cabe uma sobreposição da instrução.

Retorne2.JPG

Exemplo 2. Um outro caso semelhante ao anterior.

AcB4zxB.png

Exemplo 3. A "gambiarra" usada por esse editor, é um caso clássico onde a Sobreposição de instrução poderia ser usada com elegância. Seria interessante mesmo ter a instrução "VIRE", porém o editor desavisado foi lá e criou um "joelho" na via - fez o ângulo ser 45 graus com micro-geometria (ao usar um zoom médio/alto os demais editores jamais perceberiam isso).

VqTsFxo.png

Neste caso, por exemplo você também poderia usar a sobreposição de instrução, porém mantendo a geometria adequada, ou seja, sem esse puxadinho para fazer os 45 graus.

Uma boa prática para avaliar os casos em que deve ser usado a Sobreposição de Instruções de Voz é que você discuta a possibilidade de usá-la, onde acreditar que seja necessário através do fórum regional do estado em que estiver editando.

Navegação por faixas (LG)

Em algumas situações, especialmente em junções geometricamente complexas, grandes, visualmente poluídas, com sinalização deficiente, trânsito intenso, entre outros fatores, não basta saber qual a próxima manobra a ser feita, mas também é importante saber em qual faixa da via deve-se estar para realizar a manobra de forma legal e segura. Para isso foi criado o recurso de navegação por faixas. Em complemento à instrução de voz, são exibidas na barra visual não apenas a seta indicativa da próxima conversão e do nome da próxima via, mas também setas com todas as conversões possíveis de cada uma das faixas da via, sendo destacadas as setas das faixas em que o usuário deve permanecer para realizar a manobra orientada.

Premissas

Ao adicionar orientação por faixas, considere sempre a quantidade de faixas completas existentes ao chegar à junção. Considere faixas de circulação exclusiva, como faixas de ônibus e ciclofaixas, apenas se a sinalização orienta explicitamente o seu uso para realizar alguma das conversões. Avalie a necessidade de considerar faixas de desaceleração, como as rampas de saída de rodovias ou vias de trânsito rápido, em função de quão antes da junção elas surgem, da sinalização presente no local e da possibilidade de confusão visual que pode ser causada ao motorista que se aproxima da junção. Leve em conta as regras de tráfego presentes na legislação de trânsito. Se basta seguir as regras gerais (como se manter na faixa mais à direita para virar à direita, por exemplo), sem nenhum outro fator, como uma sinalização restritiva, provavelmente não haverá a necessidade de indicar orientação por faixas.

Adicionar, editar e excluir

Lane Guidance PT-BR 1.png
  • Ao abrir a aba, observe se quer inserir a orientação em quem trafega pelo segmento chegando na extremidade A ou B (só aparecem as extremidades válidas conforme a definição da propriedade sentido).
  • Clique no link Adicionar orientação por faixa
Lane Guidance PT-BR 2.png
  • Digite o número de faixas que existem ao chegar na junção destacada
  • Aparecem automaticamente as opções de conversão permitidas, com caixas de seleção ao lado (uma para cada faixa informada no passo anterior)
  • Marque as faixas que permitem a conversão indicada
Lane Guidance PT-BR 3.png
  • A seta de conversão exibida é determinada automaticamente pelo WME. Caso entenda que outra instrução é mais apropriada, clique sobre a seta e selecione, dentre as opções exibidas, aquela que é mais apropriada para a conversão em questão
  • Clique em Aplicar
Lane Guidance PT-BR 4.png
Lane Guidance PT-BR 5.png
Orientação sem alteração manual das instruções Orientação com alteração manual das instruções


Para remover a orientação por faixa de um segmento, basta alterar a quantidade de faixas para zero (0), aplicar e salvar a mudança.

Observação: Alguns tipos de edição, como alteração das conversões permitidas/proibidas, ou então que alterem os segmentos de entrada/saída de uma junção onde existem orientações por faixa configuradas podem colocá-la em estado inválido. Nessa situação, a orientação deixará de ser exibida no aplicativo, e no WME ela será exibida conforme abaixo. Lane Guidance PT-BR 6.png

Heurística de instrução em junções complexas

A orientação por faixas incluiu uma capacidade de inteligência artificial ao mapa, capaz de identificar situações de retorno em vias duplicadas, popularmente conhecidas como Junções-H ou Junções-#, ou ainda de entrada à esquerda num segmento curto logo após um segmento longo (caso típico em Junções-#). Numa situação em que normalmente seriam recebidas duas instruções (exemplo: estando na via 1, duplicada, para retornar na própria via a instrução recebida normalmente seria “vire a esquerda em via 2, em seguida vire a esquerda em via 1”) passa a ser emitida uma única instrução “RETORNE”, sendo exibida a seta correspondente em U. Para essa inteligência artificial ser ativada, o conjunto de segmentos da junção precisa reunir algumas características:

  • Em caso de retornos em U, o segmento de entrada e o de saída da junção devem ser paralelos
  • Os segmentos internos da junção devem ser menores que 30 metros
  • O ângulo formado pelos segmentos deve ser de 90 graus

Uma vez atendidos os critérios, a heurística irá substituir a orientação por faixa do segmento de entrada pela do segmento interno. Caso a rota passe por 2 segmentos internos com instrução para o mesmo lado, será exibida a instrução de retorne. Tenha em mente que para essa substituição, a orientação por faixa dos segmentos envolvidos sempre será alinhada à esquerda ou à direita, conforme o lado para o qual será dada a instrução, mesmo que a quantidade de faixas seja diferente entre os segmentos.

Exemplo de comportamento da heurística:

LG Sharp01.png
LG SharpResult1.png
LG Sharp2.png
LG SharpResult2.png
Resulta em:

LG SharpResult4.png